sexta-feira, 10 de setembro de 2010

{Resenha} Calafrio de Maggie Stiefvater

Tudo o que eu sabia é que não pretendia ler esse livro essa semana. Porém peguei ele na quarta-feira como minha leitura de ônibus, já que passo até quatro horas dentro de um por dia no percurso casa-faculdade, faculdade-trabalho, trabalho-casa.
Você sabe quando um livro te pega de jeito sem que ao menos você perceba? Calafrio fez isso comigo de maneira tão leve que já entrou para a minha lista.


 
Desde o dia em que foi atacada por lobos no quintal de sua casa, quando ainda era apenas uma criança, Grace jamais deixou de pensar no belo lobo de olhos amarelos que salvou sua vida. Durante anos ela o procurou e o observou de longe da varanda de sua casa. Grace jamais tirou de sua cabeça o lobo.
Até que um menino é morto por lobos e toda a cidade se mobiliza para exterminar esses animais selvagens. Tudo o que Grace queria era poder impedir que matassem seu querido lobo. Quando ela chega em casa e vê caído na sua porta um menino baleado, ela não estava preparada para encontrar os mesmos olhos amarelos, tão conhecidos dela.

O que falar de Calafrio? Um livro encantador, uma escrita cativante que te prende do inicio ao fim. Na sua estréia no mundo dos livros Maggie usou todos os atributos para escrever um excelente livro, com um tema ainda não explorado: os lobos.

 O livro se passa do ponto de vista dos dois personagens principais Grace e Sam, assim podemos saber o que os dois estão sentindo ao longo da história. O ponto central da história é tanto Grace como Sam os dois conquistam o leitor ao longo do livro. Grace é muito prática e mesmo não sendo muito amada por seus pais ela suporta tudo do seu jeito, sua obsessão pelos lobos no começo do livro é totalmente compreensível devido ao ataque que ela sofreu quando era mais nova. E mesmo sem saber que o lobo era Sam, ele já havia me conquistado, e eu nem ao menos havia conhecido-o melhor.

Quando Sam e Grace finalmente se encontram frente a frente a porta das emoções é aberta. Sam é um lobo, mas também é humano o que determina quando ele é um ou outro é a temperatura no momento, quanto mais frio, mais provável é ele de se tornar um lobo. Boa parte do livro o que vemos é Sam tentando viver seu relacionamento com Grace antes que o inverno chegue.

Se você acha que só porque o Sam é a criatura mítica da relação, seja ele que proteja Grace de todos os perigos. Diferente de muitos livros que eu li por ai lê-se Crepúsculo na qual a mocinha sempre se mete em perigo, aqui há um via de dois lados, na qual principalmente Grace se  preocupa muito com Sam e a possibilidade de ele virar lobo. A cada evolução do relacionamento deles eu ficava mais encantada com os dois e principalmente com Sam. Apesar de ele ser forte e ser um lobo, jamais teve medo de admitir seus sentimentos, confessar seu amor de maneiras lindas e ainda mais importante, sempre deixou claro sua vulnerabilidade perante Grace. Resumindo, eu me apaixonei por ele e seu jeito doce e sensível de ser.

E o que foi aquelas ultimas páginas do livro, em questão de minutos passei do choro para a angustia, depois ansiedade e por fim…. isso eu não vou contar.
O livro é uma história de amor, mas também não é só sobre isso. É sobre superar seus medos, encarar a realidade. No livro há novas descobertas a respeito de Grace e principalmente dos lobos. Se Calafrio fosse um único livro estaria feliz com o final, mas fico ainda mais feliz que haja uma continuação Linger, na qual eu já li a sinopse e pretendo encomenda-lo mês que vem. (Sim a ansiedade mata).

Só uma observação, na capa do livro tem a seguinte frase “Se você é fã de Crepúsculo, vai amar Calafrio”. Isso definitivamente não foi um chamativo para mim que odiei a Saga Crepúsculo. Sei que alguns fãs vão me condenar, mas a escrita de Calafrio é muito melhor (diga-se de passagem que o li em três dias, ao contrario dos seis meses que levei pra concluir Crepúsculo).

Nota: 5/5
assinatura

5 comentários:

  1. To louca para ler esse livro!

    Ainda não comprei! Tomara que eu ganhe em alguma promoção... AFF!!! quero ler logooo!

    Thais adorei sua resenha! Me deixou com muito mais vontade de ler...

    ResponderExcluir
  2. RêFofura - Leituras&Fofuras11 de setembro de 2010 13:53

    Preciso desse livro urgentemente, é sério! :X
    Adorei a resenhaaaaaaaaaaa.. que só me deixou com mais vontade ainda para comprar, mas vou ter que me controlar, pois já não tenho dinheiro! eoheiheoh
    Beijinhos ;**

    ResponderExcluir
  3. Ahhh eu amei esse livro também!!
    Eu nem li a sinopse de Linger para não ficar com vontade, mas aparentemente saí por aqui em Janeiro...

    Esperarei ansiosa!!!

    Como você disse o Sam, é um fofooo! Amei muito!

    Beijos!

    P.S.: Quanto a nós termos resenhado no mesmo dias....mentes gêniais, pensam igual!...hahahahah

    ResponderExcluir
  4. AIIII, eu AMO esse livro!!
    Nossa, eu chorei tanto lendo! Não só no final.. ahuahuaha!
    A escrita da Maggie é maravilhosa, a história é linda, o Sam é a coisa mais fofa do universo!!
    AWWN, quero mto ler Forever!!! :D
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. leitura de ônibus ahauhuhaauh

    é incrível o tempo q perdemos neles. e podemos 'gastar' lendo algo.. é o msm comigo no metrô e tb no ônibus.

    Só fiquei com vontade de ler esse livro devido as inúmeras resenhas positivas.. mas vou deixar para o futuro pq estou lotada de coisas para ler ihihihi (q bom)..
    adorei seu blog... estou te seguindo aqui.. se puder fazer uma visitinha ao meu e me seguir tb..

    bjss

    ResponderExcluir

Olá!

Deixe sua opinião sobre meu texto!

E obrigada por passar aqui!

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...