sábado, 15 de setembro de 2012

{Resenha} A Seleção de Kiera Cass

Na minha ida a Bienal do Livro, tive a oportunidade de participar do lançamento do novo selo da Editora Compania das Letras. O selo SEGUINTE, terá publicações direcionadas para o publico Young Adult. No evento foram divulgados os futuros lançamentos do selo, inclusive, surta! Bloodlines, a nova série da Richelle Mead

O livro A Seleção será uma das primeiras publicações do novo selo, e sai no final de setembro, e neste momento eu agradeço a Diana, coordenadora de Midias sociais, que cedeu para o blog no evento um exemplar da prova do livro. 

"Depois de tudo, não posso deixar de imaginar como seriam as coisas se voce realmente se esforçasse" 

Desta vez resolvi colocar a foto do meu exemplar. E sim, o esmalte combina com a capa


Vamos ao livro agora. Eu não esperava muito do livro porque não tinha conhecimento de nada da história. Dois dias depois de ganhar o livro, numa bela noite depois de ter trabalhado o dia todo e ainda ter ido para a faculdade, resolvi ler as primeiras paginas do livro, por mera curiosidade. E... apesar de ter que ir trabalhar logo cedo, e de noite ainda ter que ir para a faculdade, eu simplesmente não consegui parar de ler o livro! Juro, comecei por volta de 23:30h e só parei quando terminei, e sabe Deus que hora foi isso, eu sei que ainda não tinha amanhecido, mas não olhei no relógio para saber. (Mas passei o dia inteiro morrendo de sono) 

Na pequena Illéa, um país que surge após a 3ª Guerra Mundial na qual os EUA foram dominados pela China, 35 garotas entram para “A Seleção”, uma espécie de reality show que irá eleger a próxima princesa e futura rainha do país. Neste mundo em que todos são definidos por castas desde o nascimento, esta é a oportunidade para uma garota mudar de vida. Mas não para America Singer, uma artista da casta 5, que não quer estar entre as selecionadas. E definitivamente ela não quer casar com um príncipe mimado que ela nem conhece, pois ela tem um namorado na sua cidade... o que é completamente fora das regras. Mas America acaba por ser selecionada entre as 35 garotas a conquistar o coração do príncipe e talvez a convivência no castelo possa ser diferente do que ela imaginou. 

"Sim, Maxon - susurrei. - É possivel."

Vou ter contar, eu tive surtos, muitos surtos depois de ler este livro, primeiro em casa e depois no twitter. Também fiquei muito frustrada! Mas ele definitivamente é muito bom. Vale com certeza a pena ler ele! 

Eu sou uma eterna sonhadora, e lá vem Kiera Cass com uma história de princesa!! Tipo um conto de fadas! Eu AMO contos de fadas. Então lógico que eu já estava adorando a ideia. O que eu não pensei foi que eu fosse gostar tanto do livro, tanto que já reli ele (Duas vezes!). Ele me conquistou! 

America é uma personagem adorável, e muito esperta, não tem como não gostar dela. Ela sabe o que quer e vai atrás disso, mesmo que não seja bom para ela mesma. Definitivamente ela é carismática, sem ao menos se esforçar. Quando você esta na página 30 ela já te conquistou... e você já esta tão imersa na história que esta louca para saber o que vai acontecer. 

Esqueça a tal da distopia que esta como pano de fundo da história desse livro. Ele é algo indescritível. Uma espécie de Jogos Vorazes, America’s Next Top Model, e aqueles concursos para achar um marido/namorado, tudo apresentado de maneira encantadora. 

A convivência entre as meninas é muito bem retratada, os conflitos, inveja, traição... Afinal de conta são 35 meninas juntas em um castelo. Mas todos os “tramites” do concurso são os mais legais, a preparação delas, sessão de fotos, aulas de etiqueta, festas. Tudo para ser uma rainha apropriada. Há festas, jantares e programas com o príncipe. 

Ahhh, o príncipe Maxon, *suspira*. Lógico que tinha que ter O príncipe, mas não do tipo garoto perfeito desde o primeiro momento. E foi o que eu mais gostei do livro, Maxon é o tipo de personagem que vai te conquistando ao longo do livro, e você acompanha com grande expectativa o desenvolvimento do relacionamento dele com America. Ele é encantador, fofo, ingênuo, e até inocente, mas é tudo de bom! Mas ele também é da realeza e sabe ser imponente quando quer (Por exemplo na primeira cena que ele aparece, definitivamente uma das melhores). 

Conforme as candidatas vão sendo eliminadas, fica cada vez mais complicado para America distinguir aquilo que ela realmente quer. E talvez as coisas sejam mais difíceis do que ela planejou. 

Agora a parte que me deixou frustrada, muito, muito frustrada! Lá pelas ultimas paginas do livro, tudo estava indo bem, mais do que bem, estava absolutamente PERFEITO! Eu estava amando (e continuo amando), mas eu fui percebendo que o livro caminhava para uma continuação, coisa que a desavisada aqui nem sabia, mas enfim, até ai tudo bem. Quando de repente, algo, que não posso dizer acontece, e caramba, agora EU NECESSITO da continuação do livro, porque parte de mim ficou parada com a história da America e Maxon, e OMG! Quando sai o novo livro????? 

"- Ah, sim. Ainda esta. - Ele afirmou sem tirar os olhos de Gravil. - E planejo mante-la aqui por um bom tempo."

ps: O próximo livro da série The Elite sai em abril de 2013 nos EUA, então vamos aguardar ansiosamente. 

3 comentários:

  1. Ahh, como eu estou querendo esse livrooo\o/. Com essa resenha, quero urgente!

    ResponderExcluir
  2. TEAM MAXON, HONESTAMENTE.
    Fiquei assim como vc ficou quando foi percebendo sobre o final. E, ASPEN, POR QUE VC NÃO... SEI LÁ... DESAPARECEU?????
    WHYYYYYYYY?
    *waits for The Elite*

    ResponderExcluir

Olá!

Deixe sua opinião sobre meu texto!

E obrigada por passar aqui!

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...