quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

{Resenha} Jogos Vorazes de Suzanne Collins

JOGOS_VORAZES_1274398229P
Eu disse que leria este livro até o fim do ano (passado) e o li.

Considerado por muitos o grande lançamento de 2010, Jogos Vorazes causou no cenário nacional, e suas continuações (já adquiridas por mim) causaram no cenário internacional.

Eu acabei comprando toda a série em inglês (em três maravilhosos hardcovers!!!!), mas o primeiro já foi traduzido.
Chegando como quem não quer nada Suzanne conquistou uma legião de fãs, com sua fantástica história que no fundo nos deixa com muito a pensar.

O livro se passa num futuro distante, numa terra chamada Panem, que antigamente equivalia aos EUA. Existe uma capital, Capitol e mais doze distritos adjacentes. Como forma de punir os habitantes e lembrar a todos do poder que a Capitol tem eles organizam anualmente um grande evento televisionado: os Jogos Vorazes, em que são sorteados de cada um dos distritos uma menina e um menino que terão que lutar pela sobrevivência a todo custo.
Katniss é uma menina de 16 anos, que ao ver sua irmã sendo sorteada para os Jogos se candidata a ir no lugar dela. Resta agora para Katiniss… sobreviver.

O que falar do livro??? Sensacional, realmente merece o titulo de um dos melhores livros do ano. São tantas coisas para pensar ao terminar a leitura do livro que eu nem sei por onde começar. São tantas informações e tantas coisas para aplicar no dia a dia.

Katniss é uma jovem garota, forte e independente, ela passa a maior parte dos dias caçando (escondido) com seu amigo Gale. É difícil sustentar a família quando o seu pai não esta mais lá, e Katniss assume o papel de o “homem da casa”. Ela é determinada e coloca a família acima de tudo, principalmente a irmã mais nova Prim, por isso quando Prim é escolhida para participar dos Jogos Vorazes ela não excita em tomar o lugar dela, afinal de contas ela é muito mais preparada para a brutalidade do jogo.

E vamos falar do Jogo, realmente um reality show levado ao extremo, câmeras para todos os lados, armações, combinações e tudo que a tv tem a oferecer. No livro vemos como um reality show pode ser levado ao extremo da vida e acabamos por pensar se um dia a televisão que conhecemos pode chegar a este ponto. Tudo é feito para ser televisionado e impressionar, assustar e oprimir a todos que assistem.

Assim que Katniss chega a Capitol ela se vê em volta do glamour que os tributos (ou os escolhidos, jogadores…) tem. Antes de os jogos começarem eles tem tudo que jamais estiveram na vida, mas sabem que logo não terão nada disso. O pré-jogo é tão emocionante quanto o jogo. Afinal de contas, quem disse que um jogo não pode ser jogado??

A maneira como Katniss entende este jogo é incrível, e quando ele realmente começa é impressionante. É brutal, a autora em nenhum momento teve medo de que o grande derramamento se sangue assustasse os leitores. A violência e mortes fazem parte da história, muitas vezes tristes, mas necessárias. Katniss é inteligente e sabe usar tudo que esta a sua disposição ao seu favor, nada escapa a ela. E sim ela definitivamente sabe jogar.

E Peeta? Peeta e o menino do mesmo distrito de Katniss escolhido para ir ao jogo. Apesar de parecer frágil e inseguro ele consegui mostrar que não esta ali para brincar, e junto com Katniss, mostram a todos como realmente se pode jogar. 

A personagem Katniss é muito bem construida, madura e todas a suas ações são justificadas. Ela é muito racional, mas quando se trata de sua irmã ela a coloca a frente de todas. A familia sempre em primeiro lugar. Varias ações e pensamentos de Katniss são justificadas por passagens anteriores de sua vida o que é muito bom para entender a personagem.

Ao fim do livro, ele deixa você pensando milhares de coisas. Pode um reality show ser levado ao extremo da brutalidade? Em um país onde todos os desejos são oprimidos e o governo é autoritário toda e qualquer forma de força pode ser considerada uma forma de rebelião contra a forma de governo.

E quando você se torna mais inteligente que o sistema o que pode acontecer?

Ao terminar Jogos Vorazes, você pode achar que é mais um livro teen, um pouco brutal e sangrento, ou você como eu pode interpreta-lo de diversas maneiras.  O fato é que este é um livro único e diferente, que vale cada página a ser lida. Posso dizer que mal espero por ler Catching Fire e Monckingjay!

Nota: 5/5


2 comentários:

  1. O livro realmente parece perfeito, adorei a resenha, mas não pude lê-lo porque é tantos na frente que é impossível. Adorei o blog e sigo ele, espero o mesmo de você, e sempre comentarei.

    Caa Oliveira
    Open Mind - www.openmindbook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu estou acabando de ler a série e me apaixonei por ela.
    Adorei a resenha e o seu blog...
    visita:
    http://apaixonadasporlivrosrj.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá!

Deixe sua opinião sobre meu texto!

E obrigada por passar aqui!

Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...